• UNIDADE 01 - BELA VISTA

   Rua Itapeva, 518 - Bela Vista - São Paulo 
   Conj. 901 - fone/fax: 11 3262.4745

   Whatsapp: (11) 98758-7663

• UNIDADE 02 - VILA CLEMENTINO

   Rua Diogo de Faria, 1202, Conj. 91 - Vila Clementino - São Paulo

   fone/fax: 11 5083.1743
   Whatsapp: (11) 98474-6600

• UNIDADE 03 - ITAIM BIBI

   Rua Joaquim Floriano, 101 - 3º andar - Itaim Bibi - São Paulo 

   fone/fax: 11 3071.3080
    Whatsapp: (11) 998888577

 

• UNIDADE 04 - BELA VISTA

   Rua Itapeva, 518 - Bela Vista - São Paulo 

   Conj. 910 - fone/fax: 11 3288.6000
   Whatsapp: (11) 98758-7663

 

• UNIDADE 05 - VILA OLÍMPIA

   Rua Gomes de Carvalho 1581 - Vila Olímpia - São Paulo 

   fone/fax: 11 3846.4446
    Whatsapp: (11) 93364-4446



A MedFlex é a única do segmento de locação de consultórios com quatro unidades em São Paulo.
Consulte disponibilidade de salas e horários, aqui

© 2019  |  medflexconsultorios.com.br  |
Atualizado: Global Map

Conversa com Especialista: urologista!

O tema qualidade de vida dos homens é bastante amplo. No aspecto clínico, desde a saúde sexual até a prevenção e o tratamento de doenças urológicas frequentes, como cálculos renais, hiperplasia de próstata e câncer de próstata.

Para estrear nosso primeiro “Conversa com Especialista”, tivemos um bate-papo bastante informativo com Dr. Gabriel Barbosa Franco, especializado em Andrologista, membro titular da Sociedade Brasileira e da Associação Americana de Urologia.

 

MedFlex: Quais são os avanços da medicina em relação a saúde masculina?

 

Dr. Gabriel: Os principais avanços recentes se deram no campo da tecnologia, com o desenvolvimento de técnicas cirúrgicas minimamente invasivas, como a cirurgia de vaporização da próstata com laser e também cirurgias radicais com auxílio de robótica. Isso tudo permite que o paciente de modo geral se restabeleça mais rapidamente, com menor comprometimento funcional possível. 


MedFlex: Quais as principais queixas do público masculino?

 

Dr. Gabriel: Atualmente, os homens estão muito mais desinibidos para discutir qualquer tipo de assunto com seu médico urologista, então, boa parte dos pacientes atualmente busca algum tipo de melhora de qualidade na sua vida sexual. E isso é positivo, pois esses pacientes muitas vezes vêm com esse tipo de queixa, e acabam tendo sua saúde geral avaliada, tanto do ponto de vista urológico propriamente dito, fazendo avaliação da próstata, quanto do ponto de vista geral, realizando exames laboratoriais e cardiológicos muitas vezes. Isso tudo permite diagnósticos precoces e elevadas taxas de cura.


 

MedFlex: O melhor remédio é a prevenção. Como se prevenir de maneira efetiva em relação as doenças urológicas?

 

Dr. Gabriel: Gosto de brincar com meus pacientes, dizendo que a próstata e o aparelho sexual masculino refletem muito a saúde global do homem. Ainda não existe nada que com certeza absoluta previna o surgimento de câncer de próstata. O que se recomenda é que o paciente mantenha hábitos saudáveis de vida, com alimentação balanceada, prática regular de atividades físicas, que não fume, que não beba excessivamente e etc. E além de tudo isso, manter visitas periódicas ao seu urologista de confiança, pois caso eventualmente surja alguma doença mais séria, seja feito diagnóstico precoce e tratamento precoce, evitando complicações e aumentando a chance de cura.


 

MedFlex: As doenças da próstata, por exemplo, são mais comuns em homens a partir dos 50 anos. Quais são elas? Houve alguma mudança comportamental neste sentido em relação aos anos anteriores? 

 

Dr. Gabriel: As principais doenças da próstata são a hiperplasia da próstata benigna e o câncer de próstata.  A hiperplasia é o aumento de volume da próstata como um todo, podendo gerar sintomas urinários diversos, como jato fraco, esforço miccional, ardência para urinar, urgência urinaria e aumento da frequência urinaria diurna e noturna. Ela acontece em mais de 50% dos homens a partir de 50 anos de idade, e na maior parte das vezes pode ser controlada com medicamentos. Em alguns casos mais importantes, poderá ser necessária uma cirurgia, que na maioria das vezes é feita endoscopicamente, pela uretra, com boa recuperação.  Já o câncer de próstata é completamente diferente, se tratando geralmente de uma pequena área da próstata que sofre uma mutação e começa a se proliferar. A incidência de câncer de próstata aumenta com a idade, sendo mais comuns em pacientes de raça negra e com histórico familiar positivo. Na maioria das vezes não causa sintoma algum, sendo diagnosticado após elevação dos níveis de PSA ou surgimento de nódulo no toque retal da próstata. Recentemente o que se percebeu foi que os casos de câncer de próstata veem tendo diagnósticos mais precoces, devido ao bom hábito dos homens de se cuidarem e manterem acompanhamento médico regular.


 

“A mensagem que gostaria de deixar para todos que leram essa entrevista é que se cuidem! Cuidem da sua saúde! Mantenham bons hábitos de vida. Visitem seu médico de confiança periodicamente. Não esperem que surjam problemas para apenas depois buscar tratamento. Não tenham medo de ir ao médico”, finaliza o especialista.